domingo, janeiro 11, 2009

Domingo 11/01 - Sintra

Domingo, 11 de Janeiro 2009.

Desta vez, por sugestão do Guilherme, o destino foi a Serra de Sintra. Com encontro marcado para as 09 horas na entrada da Quinta de Beloura, a partida deu-se pelas 09:20, depois de toda a gente ter chegado. O grupo era então formado por cerca de catorze ciclistas. Saímos da Quinta da Beloura e seguimos em direcção à Penha Longa onde havíamos de entrar em estradão. Lembro-me por esta altura de ir a comentar com o Miguel Marecos, que sempre que vinha andar para Sintra apenas me lembrava de subidas... e uma vez mais... Depois de alguma confusão inicial com um segundo grupo de ciclistas que não faziam parte do nosso grupo, eis ficámos finalmente reduzidos ao número de ciclistas que tinha acordado cedo, nesta manhã fria de domingo, para umas pedaladas com os amigos e amigos dos nossos amigos. Subimos e subimos até chegarmos ao cruzamento dos Capuchos. Foram cerca de 3km sempre a subir.... e claro, como tudo o que sobe desce, assim foi. Desta vez recordo-me, e bem. Descemos por um single track bem simpático até um café onde reagrupamos e partilhámos as emoções da descida. Ora se tudo o que sobe desce, o inverso também é verdade. E havíamos de pagar bem cara a diversão extraída da descida. Foi sempre a subir até à Penina. 6km de uma subida bem íngreme que nos levou quase uma hora até chegarmos ao ponto mais alto deste passeio, nos 502m de altitude (a altitude máxima da Serra de Sintra é de 529metros... pessoal, ainda ficaram alguns metros por subir... e ainda bem!!). Ao passarmos novamente pelo cruzamento dos Capuchos, houve alguns ciclistas que decidiram regressar ao carro. Nesta altura, o Miguel Marecos vacilou, mas manteve-se firme na sua jornada de conquistar um dos pontos mais altos da Serra de Sintra. E assim foi, apontámos para cima e lá fomos nós. O Mourex perguntava se o pessoal queria chegar ao céu com tanta subida... Ficámos mais perto é uma facto, mas saiu do corpinho!! Depois da Penina, descemos por um trilho carregado de calhaus soltos. O pessoal das Full Suspension podiam agora soltar os travões e 'rasgar' por aí abaixo. A descida era interrompida a espaços por uma ou outra subida, sempre acentuadas, mas, tal era a vontade de chegar ao carro que parecia que as pernas tinham vontade própria... ou não!! Chegámos então à Barragem da Mula onde alguns tinham os carros e seguiram de pronto. Nós ainda tínhamos que pedalar até à Beloura. Sim, é alcatrão, mas ainda houve mais algumas subidas para queimar o que restava, se restava. Estamos todos de parabéns, por termos ido pedalar nesta manhã fria de Janeiro, por termos subido quase 1.100mts e por não termos nunca desistido, por termos mantido o espírito de grupo e camaradagem! Os meus sinceros Parabéns ao Miguel Marecos que, com vários km de bicicleta, nunca havia mergulhado desta forma na Serra de Sintra. Espero que te tenhas divertido (dentro do possivel, mas como diz o outro: no pain, no gain!) e que voltes a andar com a rapaziada numa próxima saída até porque, o que custa são as primeiras vezes...


















5 Comments:

At 22:53, Blogger EL MOUREX said...

Curti largo!

O Guilherme disse a certa altura que Sintra tem de se fazer de duas em duas semanas porque como aquilo é mesmo lixado, um gajo fica em forma para os outros "passeiozinhos" todos. É bem verdade, acho eu... bom, pode ser de três em três semanas?!

Para quem já não rolava "a sério" há uns tempos, não me correu mal. Saiu-me do lombo é certo, mas apesar de ser sempre o ultimo a chegar lá acima (sem stress e agradecendo a quase todos os minutos de espera...!) tive imenso prazer em fazer esta volta de 34 kms. Nunca desistir é o meu lema e mais uma vez este pensamento fez sentido! A banda sonora que escolhi para a volta tambem ajudou; um mix de Stereophonics, Pearl Jam e Foo Fighters!

O café que o Nuno indica é em Colares (isto só para se ter uma ideia da "abrangência" da coisa!

Por ultimo, uma reflexão final á questão ENDURO vs. STUMPJUMPER que me tem atormentado nas ultimas semanas... Estou finalmente rendido á Stumpjumper; a subir a máquina é muito mais "biker friendly" e aquilo que ganho a subir compensa aquilo que perdi a descer até porque depois de me habituar, a "menina de azul" não me deixou ficar mal. Tenho é de a tratar com mais cuidadinho...!

 
At 23:38, Blogger Luis Tripas said...

Boa rapazida.
Tenho muita pena de não ter ido, mas tenho a garganta toda lixada, e vocês sabem que sou daqueles que não desisto com facilidade.
Prometo que da próxima estou lá. Até porque preciso mesmo de treinar!

 
At 15:52, Anonymous Miguel M. said...

Foi de facto uma manhã fantástica e cheia de atitude. Teve mesmo de ser...

Na prática eu já tinha feito escalada algumas vezes em Sintra, mas foi a primeira vez que levei a bicicleta às costas ;-).

Obrigado desde já pelo convite do Jakas, motivação e camaradagem que todos transmitiram. Será sem dúvida para repetir, particularmente agora que sei ao que vou!

Neste meu primeiro contacto com o Grupo dos VVMBT e considerando que me tinham convidado para um, passo a citar: -"descontraído passeio pela Serra de Sintra", fiquei desde já esclarecido no que respeita aos vossos referenciais...

Haverá sempre um frase demarcada na minha memória: -"Isto agora é sempre a rolar, o pior já passou".
Entretanto subimos mais uns 3 km até à Penina...

A meio do passeio, dei por mim a idolatrar o método de geoposicionamento desenvolvido por um menino muito espertinho chamado Polegarzinho (todos conhecerão a história...). Mesmo sem GPS ele lá conseguiu voltar para casa (leia-se carro...).

Na próxima volta, ou levo um saco com pedrinhas, ou levo o GPS. Em caso de exaustão (garantida), qualquer um dos métodos poderá poupar-me uns bons 500 m de subida na vertical...

Bom, estão todos de parabéns. Sempre que eu puder, espero acompanhar-vos, dentro das minhas limitações.

Abraços,

Miguel

 
At 17:58, Blogger EL MOUREX said...

Mas quais limitações pá! Tirando as partes que é a bombar por ali abaixo (...!!!), o meu amigo ganhou-me todas as etapas do prémio da montanha. Tá mas é a tirar peso á Giant, a comprar uns pedais de encaixe e siga prá Serra!
Um abraço,
Mourex

PS. EU GOSTO DE SER O ULTIMO A CHEGAR LÁ ACIMA OK? NÃO GOSTAVA NADA DE PERDER ESSE TÍTULO ASSIM SEM MAIS NEM MENOS...

 
At 18:34, Blogger Vuck Roger said...

People, foi mais uma volta "descontraída" pela Serra!

Miguel M., ficas já a saber:A malta NUNCA desiste! (mesmo que isso signifique que às vezes é a passo de caracol = andar devagarinho com a burra às costas!)

Não sei se estou como o meu primo, que acha que Sintra é de 2/2 semanas, eu se calhar dava mais pela dose de 3/3...

Também preciso de rolar e levar com o vento nas trombas, sem estar preocupado com os calhaus, os cães, ou os 432 gajos que passam por mim em sentido contrário, ou o facto de não fazer ponta de corno de ideia onde ficou o carro quando já estou com uma fome do tipo Obelix!!!!

Tb eu levarei o meu adorado GPS Map 360 cxs, na próxima volta....

Um abração a todos e espero que não vos estejam a doer as "coxas"!!!

 

Enviar um comentário

<< Home

Frankie Goes to Hollywood - Welcome To The Pleasure Dome

É Sempre a curtir...